Does your faith need strengthening? Are you confused and wondering if Christianity is really "The Truth?" "Fight for Your Faith" is a blog filled with interesting and thought provoking articles to help you find the answers you are seeking. Jesus said, "Seek and ye shall find." In Jeremiah we read, "Ye shall seek Me, and find Me, when ye shall seek for Me with all your heart." These articles and videos will help you in your search for the Truth.

Wednesday, August 8, 2018

We Are More Than Conquerors

A compilation

Download Audio (10.7MB) Audio length: 11:46

Romans 8:37 says, “We are more than conquerors through him who loved us.” To conquer is to be victorious over an adversary. To be “more than a conqueror” means we not only achieve victory, but we are overwhelmingly victorious. ...

There are many illustrations in the Old Testament of God bringing miraculous victory to His people, Israel. Humanly speaking, Israel was no match for their enemies. But God cautioned them not to be afraid, that He would fight their battles for them. Exodus 14:14 says, “The Lord will fight for you, you need only to be still.” The Lord told Jeremiah that He was bringing armies against the rebellious Israelites as punishment for their disobedience, but even then, “‘They ... will not overcome you, for I am with you and will rescue you,’ declares the Lord.”1 In one instance, an entire army fled their own camp when God caused them to hear the sounds of a great army coming. The famine-racked Israelites were able to plunder the enemy camp and provide for their families through no act of their own.2 Not only were they saved from an approaching army, but they actually benefited from the threat. They were “more than conquerors.”

Satan is our adversary. He sends all kinds of life-defeating, joy-stealing attacks to threaten the well-being and faith of God’s children. Many of those attacks are listed in Romans 8:35–39: trouble, hardship, persecution, famine, nakedness, and sword. Paul is encouraging us to stand firm in our faith when those attacks come, reminding us that not only will we win in the end, but Jesus enables us to win now. Satan lacks the power to steal our eternal destiny, and he cannot separate us from the love of God right now. Nothing we face worries God in the least. If we are His children through faith in His Son, then we have His pledge of love and protection. In John 10:27–29, Jesus said, “My sheep listen to my voice; I know them, and they follow me. I give them eternal life, and they shall never perish; no one will snatch them out of my hand. My Father, who has given them to me, is greater than all; no one can snatch them out of my Father’s hand.”

To be more than conquerors means we face the trials of life with the certainty that we are not alone. We have a mighty Father who fights for us. We approach the darkest valleys with confidence, knowing that nothing can happen to us that is not permitted by our loving Father for our good.3 We have His promise of eternal life4 and the presence of Almighty God every moment of every day until we see Him face to face.5 No sin of ours and no attempt of the enemy can steal the loving care of God from our lives, and that makes us more than conquerors through Christ who loves us.—From GotQuestions.org

Count it all joy

Battles make you stronger. Hardships teach you resolve and perseverance. Crushings squeeze out the bad and bring forth the good. Fires of testing burn out the dross and purify you. Loneliness draws you closer to Me. Inadequacy helps you realize how much you need Me. Sorrow gives you compassion. Difficulties cause you to praise and thank Me for the good times. The rains of adversity help to clear your vision as you keep your eyes on Me.

So “count it all joy” when you face trials and temptations, knowing that in all these things you will be more than conquerors in Me.—Jesus, speaking in prophecy 

Overcoming obstacles


While your circumstances may not change—at least not immediately—God can help you rise above circumstances. If the obstacles won’t move out of your way, He’ll help you go over or under or around them. He may not take away all your troubles, but He will bring you through them.

The Christian’s life doesn’t get easier; it gets better. How wonderful that life can be once you have learned to use God’s power and grace to help you overcome the obstacles! Stumbling blocks become stepping stones. Wings are fashioned out of weights. You can gracefully rise above the daily problems, afflictions, and hardships of life.—Shannon Shayler6

What God hath promised


God hath not promised
Skies always blue,
Flower-strewn pathways,
All our lives thru’.
God hath not promised
Sun without rain,
Joy without sorrow,
Peace without pain.

God hath not promised
That we shall not know
Toil and temptation,
Trouble and woe;
He hath not told us
We shall not bear
Many a burden,
Many a care.

God hath not promised
Smooth roads and wide,
Swift, easy travel,
Needing no guide;
Never a mountain,
Rocky and steep,
Never a river
Turbid and deep.

But God hath promised
Strength for the day,
Rest for the labor,
Light for the way,
Grace for the trials,
Help from above,
Unfailing sympathy,
Undying love.
Annie Johnson Flint
Strength for the battle

The great American civil rights leader Martin Luther King was a person with tremendous courage. He endured vilification, beatings, imprisonments, death threats. His house was firebombed, and as we all know, he eventually was assassinated.

So what kept him going? It was his strong sense of God’s call upon his life. King was just 26 years old when he was appointed leader of the civil rights campaign in Montgomery, Alabama. Apart from terrifying threats from the Ku Klux Klan, King was harassed by police. Arrested for driving 5 miles per hour over the speed limit, he was given his first stint in jail. The night after his release he was at home when the phone rang. A menacing voice on the other end said, “We are tired of you and your mess now. And if you aren’t out of this town in three days, we’re going to blow your brains out and blow up your house.”

King was unnerved and very afraid—for himself, for his wife and for his little children. Shortly after the phone call he sat at his kitchen table drinking a cup of coffee. “And I sat at that table” he said, “thinking about that little girl and thinking about the fact that she could be taken away from me at any minute. And I started thinking about a dedicated, devoted and loyal wife, who was over there asleep... And I got to the point where I couldn’t take it anymore. I was weak...

Image result for martin luther king jr images
“And I discovered then that religion had to become real to me, and I had to know God for myself. And I bowed down over that cup of coffee. I will never forget it... I said, ‘Lord, I’m down here trying to do what’s right. I think I’m right. I think the cause we represent is right. But Lord, I must confess that I’m weak now. I’m faltering. I’m losing my courage.’ ... And it seemed to me at that moment that I could hear an inner voice saying to me, ‘Martin Luther, stand up for righteousness. Stand up for justice. Stand up for truth. And lo, I will be with you, even until the end of the world.’ ... I heard the voice of Jesus saying still to fight on. He promised never to leave me, never to leave me alone. No, never alone. No, never alone. He promised never to leave me, never to leave me alone.”

Three nights later the menacing threat made in the phone call came true: a bomb exploded on the front verandah of the King home. Thankfully no one was hurt. But King was able to get through it: “My religious experience a few nights before had given me strength to face it.” Time and again throughout his ministry Martin Luther King returned to that experience to strengthen him as he faced terrible difficulties.—From storiesforpreaching.com7

Published on Anchor August 2018. Read by Jerry Paladino. https://anchor.tfionline.com/post/we-are-more-conquerors/ Music by Michael Dooley.

Notes:
1 Jeremiah 1:19 NIV.
2 2 Kings 7.
3 Psalm 23:4; Romans 8:28.
4 John 3:16; Titus 1:2; 1 John 5:11.
5 Psalm 139:7–12; Deuteronomy 31:8; Hebrews 13:5; Matthew 28:20.
6 Obstacles Are for Overcoming (Aurora Production, 2010).
7 https://storiesforpreaching.com/category/sermonillustrations/finishing-the-race.

Somos Mais que Vencedores

Compilação

Romanos 8:37 diz, “Somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.” Vencer quer dizer que se é vitorioso em relação a um adversário. Ser “mais que vencedor” significa que não apenas conseguimos a vitória, mas que somo sobremaneira vitoriosos. ...

Há muitas ilustrações no Velho Testamento de dando vitórias milagrosas ao Seu povo, Israel. Em termos humanos, Israel não tinha como vencer seus inimigos. Mas Deus lhes advertiu para não terem medo, porque Ele lutaria Suas batalhas por eles. Êxodos 14:14 diz, “O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis.” O Senhor disse à Jeremias que Ele traria exércitos para lutarem contra os israelitas rebeldes como castigo pelas suas desobediências, mas que mesmo assim, “‘Eles ... não o vencerão, pois eu estou com você e o protegerei,’ diz o Senhor.”[1] Em uma ocasião, um exército inteiro fugiu de seu próprio acampamento quando Deus fez com que ouvissem o som de um grande exército se aproximando. Os israelitas famintos conseguiram de despojar o acampamento inimigo e prover para suas família sem terem feito nada.[2] Eles não só foram salvos do exército que se aproximava, mas na verdade se beneficiaram do seu inimigo. Foram “mais do que vencedores.”

Satanás é o nosso adversário. Ele envia todo tipo de coisas para destruir a vida, roubar a alegria e ameaçar o bem estar e a fé dos filhos de Deus. Muitos de seus ataques estão listados em Romanos8:35–39: problemas, dificuldades, perseguição, fome, nudez e a espada. Paulo nos encoraja a permanecermos firmes na nossa fé quando esses ataques nos sobrevierem, lembrando-nos de que nós não apenas venceremos no final, mas Jesus nos capacitará para vencermos agora. Satanás não tem poder para nos roubar de nosso destino eterno, e não pode nos separar do amor de Deus agora. Deus não Se preocupa em nada com o que enfrentamos. Se formos Seus filhos através da fé em Seu Filho, então temos o Seu voto de amor e proteção. Em João 10:27–29, Jesus disse, “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.”

Ser mais do que vencedor significa enfrentar as provações da vida com a certeza de que não está só. Temos um Pai poderoso que luta por nós. Abordamos os vales mais escuros com confiança, sabendo que não nos advirá nada sem a permissão do nosso Pai amoroso, e será para o nosso bem.[3] Temos a Sua promessa de vida eterna[4] e a presença do Deus Todo Poderoso a cada momento de cada dia até O vermos face a face.[5] Nenhum dos nossos pecados nem tampouco nenhuma tentativa do inimigo poderá roubar o cuidado amoroso de Deus nas nossas vidas, e isso faz com que sejamos mais do que vencedores por Cristo que nos ama.—De GotQuestions.org

Considere motivo de alegria

As batalhas fortalecem. As tribulações ensinam determinação e perseverança. Os esmagamentos “espremem” as coisas ruins para fora e trazem as boas à tona. O fogo dos testes queima a escória e purifica a pessoa. A solidão o aproxima de Mim. Sentir-se inadequado o ajuda a perceber o quanto precisa de Mim. As ocasiões de tristeza lhe dão compaixão. As dificuldades o fazem Me louvar e agradecer pelos bons momentos. As chuvas de adversidade ajudam a clarear a sua visão ao manter os seus olhos em Mim.

Então, “considerem motivo de alegria” o fato de passaram por diversas provações e tentações, sabendo que em todas essas coisas vocês serão mais do que vencedores em Mim.—Jesus, falando em profecia

Superando obstáculos

Mesmo que as circunstâncias não mudem — pelo menos imediatamente — Deus pode ajudá-lo a se elevar acima das circunstâncias. Se os obstáculos não saírem do seu caminho, Ele o ajudará a passar por cima, por baixo ou pelo lado. Ele pode não livrá-lo de todos os problemas mas o ajudará a superá-los.

A vida de um cristão não fica mais fácil, fica melhor. A vida pode ser maravilhosa uma vez que tenhamos aprendido a usar o poder e a graça de Deus para nos ajudar a superar os obstáculos! As pedras em que tropeçamos transformam-se em degraus que nos levam para cima. Os pesos podem transformar-se em asas. Você pode graciosamente ascender a alturas superiores às dos problemas diários, das aflições e dos sofrimentos da vida.—Shannon Shayler[6]

O Que Deus prometeu

Deus não prometeu
Toda nossa vida,
O céu sempre azul,
E veredas floridas;
Não prometeu
Sol sem chuva alguma,
Alegria sem mágoa,
Paz sem dor nenhuma.

Ele não prometeu
Que viveríamos então
Sem labuta e tentação,
Problemas, inquietação;
Não nos disse
Que estaríamos isentos
Dos fardos,
Dos desalentos.

Deus não prometeu
Caminhos fáceis de utopia,
Uma jornada tranquila
Que dispensasse um guia;
Que nunca haveria montanhas
Rochosas e escarpadas,
Nunca haveria corredeiras
Para serem atravessadas.

Mas Deus prometeu
Descanso da labuta,
Força para o dia,
Graça para a luta,
Luz para o caminho,
Ajuda sem igual,
Compaixão infalível,
Amor imortal.

Annie Johnson Flint


Forças para a batalha
O grande líder dos direitos civis americano, Martin Luther King, era uma pessoa com uma coragem tremenda. Ele foi vilificado, apanhou, foi preso, sofreu ameaças de morte. Sua casa foi bombardeada, e como todos sabemos, foi eventualmente assassinado.

Então, o que o mantinha seguindo em frente? O fato de ele sentir fortemente o chamado de Deus para a sua vida. King só tinha 26 anos de idade quando foi nomeado líder da campanha de direitos civis em Montgomery, Alabama. Fora as ameaças terríveis da Ku Klux Klan, King foi perseguido pela polícia. Preso por dirigir uns 7 km acima do limite de velocidade, ele foi preso. Na noite depois de ser solto, estava em casa quando o telefone tocou. Uma voz ameaçadora do outro lado disse: “Estamos cansados de você e seu tumulto. Se não sair da cidade em três dias, vamos estourar os seus miolos e a sua casa.”

King não ficou abalado ou temoroso—por ele, sua esposa e filhos pequenos. Pouco depois desse telefonema, sentou-se à mesa, na cozinha, tomando uma xícara de café. “E, sentado ali à mesa” diz, “pensei naquela menininha e no fato de que ela poderia me ser tirada a qualquer momento. E comecei a pensar na minha esposa dedicada, devota e leal, que estava dormindo... E chegou ao ponto em que não aguentava mais. Eu estava fraco...

“E descobri então que a religião tinha que ser algo real para mim, e que eu tinha que conhecer a Deus por mim mesmo. De modo que me curvei perante aquela xícara de café. Nunca me esquecerei... Eu disse, ‘Senhor, estou aqui tentando fazer o que é certo. Eu acho que estou certo. Acho que a causa que representamos é certa. Mas Senhor, confesso que estou fraco agora. Estou vacilante. Estou perdendo a coragem.’ ... E ouvi uma voz interior me dizendo, ‘Martin Luther, levante-se pela justiça. Levante-se pelo que é certo. Levante-se pela verdade. E eis que estarei com você, até os confins da terra.’ ... Eu ouvi a voz de Jesus me dizendo para continuar lutando. Ele prometeu nunca me abandonar, nunca me deixar só. Não, nunca estaria só. Não, nunca estaria só. Ele prometeu que eu nunca estaria só, nunca me deixaria só.”

Três noites depois a ameaça feita naquele telefonema se tornou realidade: explodiram uma bomba na varanda da frente da casa de King. Felizmente ninguém ficou ferido. Mas, através do ocorrido,, King chegou à seguinte conclusão: “Minha experiência religiosa poucas noites antes me havia dado forças para enfrentar a situação.” Várias vezes durante seu ministério, Martin Luther King recorria àquela experiência que o fortalecera para enfrentar dificuldades terríveis.—De storiesforpreaching.com[7]

Publicado no Âncora em agosto de 2018. https://anchor.tfionline.com/pt/post/somos-mais-que-vencedores/

[1] Jeremias 1:19 NVI.
[2] 2 Reis 7.
[3] Salmo 23:4; Romanos 8:28.
[4] João 3:16; Tito 1:2; 1 João 5:11.
[5] Salmo 139:7–12; Deuteronômio 31:8; Hebreus 13:5; Mateus 28:20.
[6] Superando Obstáculos (Produções Aurora, 2010).
[7] https://storiesforpreaching.com/category/sermonillustrations/finishing-the-race.

Friday, July 20, 2018

Wednesday, July 18, 2018

Tuesday, July 17, 2018

Copyright © Fight for Your Faith