Does your faith need strengthening? Are you confused and wondering if Christianity is really "The Truth?" "Fight for Your Faith" is a blog filled with interesting and thought provoking articles to help you find the answers you are seeking. Jesus said, "Seek and ye shall find." In Jeremiah we read, "Ye shall seek Me, and find Me, when ye shall seek for Me with all your heart." These articles and videos will help you in your search for the Truth.

Friday, December 5, 2014

Bênçãos nas Circunstâncias Atuais

http://anchor.tfionline.com/pt/post/bencaos-nas-circunstancias-atuais/
Uma compilação

Existem certas coisas que, para nós, constituem um “ato de adoração”. E quando ocorrem, é como se uma voz dissesse: “Tire os sapatos, pois o lugar onde está pisando é santo”. Mas afinal, Deus é onipresente, não é? Aonde poderíamos ir que não seria solo sagrado? Pode não existir uma sarça ardente, mas Deus está presente tanto quanto esteve quando Moisés reconheceu o sinal da Sua presença no deserto. Nós acreditamos estar fazendo uma boa obra quando damos aula na escolinha dominical. Mas e aqueles que passam a semana dando aula para crianças pequenas, ou jovens, em escolas públicas ou privadas, estariam eles fazendo menos em termos de trabalho a Deus? Consideramos um dever sagrado nos sentarmos à mesa do Senhor para partilharmos da Comunhão. Mas já pensou que também é sagrado nos sentarmos à mesa com nossos familiares para uma refeição?

Quando aprendermos essa lição, vivenciaremos o verdadeiro sentido e a glória da vida cristã, e nada jamais nos parecerá lugar-comum. Não devemos nunca minimizar a nossa tarefa, pois o trabalho mais humilde, se estiver de acordo com aquilo que Deus deseja para nós em um determinado momento, será de um esplendor celestial, porque estará sendo realizada por designação do Mestre. Podemos agradar a Deus tanto conduzindo uma vida tranquila e desempenhando nossas funções fielmente em uma posição humilde, enfrentando tentação, preocupações, e cansaço, como quando honramos e adoramos a Deus na Comunhão.

Nós achamos que estamos neste mundo para cuidar de certos negócios, cumprir deveres profissionais, cuidar de situações relativas à vida doméstica, a um ofício, qualquer que seja, quer de carpinteiro, construtor, pintor, professor, quer de dona de casa, ou que for que denominamos nossa vocação. Mas para Deus, essas funções servem para desenvolvermos caráter e nobreza. Com Jesus, uma oficina de carpintaria não é apenas um lugar onde se fabricam [coisas]—é um lugar para formação de caráter e de homens dignos.—J. R. Miller[1]

*

“Quem despreza o dia das coisas pequenas” (Zacarias 4:10).

Estas palavras de Jeová foram dirigidas ao Seu povo na antiguidade, após retornarem do cativeiro na Babilônia. Eles eram poucos, carentes, fracos, e estavam a ponto de serem engolidos pelos inimigos. Não obstante as circunstâncias desanimadoras, logo após regressaram, eles deram início à construção do alicerce de um templo para a adoração a Deus…

Em tudo, principalmente nas obras executadas pela graça divina, não pela força ou poder, mas pelo Seu Espírito, Deus sempre embute certas realizações de menores proporções. Em outras palavras, ocasiões quando a mão de Deus se revela de uma maneira mínima e aparentemente pouco garantida. Para convencer-se desta verdade, podemos ver o exemplo do carvalho, outrora uma pequena semente; os rios mais caudalosos, que têm sua origem em um pequeno olho d’água ou manancial; o filósofo, o guerreiro, o estadista, o poeta, todos já foram crianças de colo; uma nação hoje civilizada já teve uma população silvícola…

A época quando Abraão e sua família eram os únicos membros da igreja no Antigo Testamento foi de pequenas coisas. A época quando todos os membros da igreja do Novo Testamento podiam se congregar em uma pequena sala ao redor de uma mesa foi de pequenas coisas. E todo o resultado dessa igreja, não importa onde tenha sido plantada, e por mais vicejante que seja hoje, viveu uma época de pequenas coisas. Foi um dia impressionante para a igreja de Cristo na Nova Inglaterra quando todos os seus membros desembarcaram no litoral deserto, e ali, sem um santuário ou um teto sobre suas cabeças, adoraram a Deus. Provavelmente não existe uma só igreja neste país que não tenha sido pequena e fraca, e não tenha enfrentado muitas dificuldades. É possível comentar o mesmo a respeito de todas as sociedades e instituições organizadas para promoção e difusão do cristianismo.

Comentários análogos podem ser feitos a respeito da obra da graça de Deus no coração do ser humano. Todo cristão tem o seu dia de pequenas coisas, não importa quando. – Um dia quando seu amor, fé, esperança, conhecimento, utilidade e consolo aparentam ser de uma mínima proporção. Vejam Nicodemos e a noite quando ele procurou Jesus. Vejam os doze discípulos e o que eles vivenciaram até pouco depois do dia do Pentecostes...

Não devemos menosprezar os dias das pequenas coisas, porque significam o início de um período de grandes coisas. E elas vão acontecer, porque fazem parte da obra de Deus. E a Sua obra é perfeita e eterna.—Edward Payson[2]

*

Você não tem que ter a fé para fazer coisas que o Senhor não está lhe pedindo nem esperando que faça. Precisa ter fé somente para ser o que Ele o criou para ser e fazer o que Ele lhe pedir, não importa o que seja. Não tente ser o que você não é, tampouco se deixe enganar achando que não pode vir a ser e fazer o que Ele lhe pedir, não importa o que seja. Deus não lhe pedirá nada além do que sabe que você, com a ajudar dEle, é capaz de realizar.

Todos têm seu lugar e função para o Senhor, como as peças de um jogo de xadrez. E uma peça de xadrez não tem vontade própria. Quando o jogador a move de uma casa para a outra, ela não protesta, apenas se submete e fica onde é colocada, certo? Bem, você está nas mãos de Deus! Está nas mãos do Jogador Mestre, que o colocará onde quiser. Portanto, apenas confie que o Senhor vai cumprir a vontade dEle na sua vida.

Quando o guia conduz uma pessoa por um caminho que ela nunca trilhou, não diz o que precisará fazer antes de chegar à curva ou bifurcação. Ele espera até chegarem ao ponto em que a pessoa precisa saber o que fazer e qual o próximo passo a dar. É assim que o Senhor age. Na maioria dos casos, não é necessário, saber todos os detalhes do que você fará no dia seguinte. Jesus disse para não nos preocuparmos com o amanhã. Geralmente é preciso traçar planos, mas não se preocupar com o que acontecerá. Apenas faça o que Deus sabe que você pode fazer, o que Ele lhe pedir para fazer hoje, e prepare-se para agir assim no dia seguinte.—David Brandt Berg[3]

Publicado no Âncora em junho 2014. Tradução Hebe Rondon Flandoli.


[1] Adaptado de The Best Things in Life (London, Hodder & Stoughton, 1907).

[2] De http://articles.ochristian.com/article13551.shtml.

[3] Mais que Vencedores (Aurora Production AG, 2002).

0 Comments:

Copyright © Fight for Your Faith